A oração da noite

A oração da noite

Também tem sua “espiritualidade”. Manhã e noite são tempos “escatológicos”: um “vir a ser” e a “consumação”, “nascer e morrer”.

A oração da noite tem sua originalidade. A claridade vai desaparecendo, a escuridão vai avançando… O lento silêncio vai se estabelecendo na natureza… Sobrevêm os ruídos noturnos e se acendem as luzes da civilização, se inicia a “vida noturna” com suas próprias atividades e exigências, mas em certo momento, precisamos nos recolher: hora de nos livrar do agito do dia e mergulhar no descanso de Deus.

A oração da noite segue seu ritmo: ela não tem a intenção de “esticar o dia”, mas para “concluir o dia”. O descanso é necessário, o amanhã, e todas suas possibilidades, nos espera. É preciso estar disposto e esperto para que o dia de amanhã não transcorra de modo enfadonho e lento.

A vigília noturna, o rezar a noite toda, não é uma oração habitual. São momentos importantes e próprios. Deve ser proporcionada a oportunidade da vigília de tempos em tempos, mas é um acréscimo, uma exceção. Já a oração da noite é habitual, deve ser cultivada.

Podemos falar de três “olhares” da oração da noite:

1. Um olhar para trás: o exame. Após pedirmos o Espírito Santo para conduzir nossa oração, olhar o dia que passou. Verificar em que agradamos a Deus e em que O desagradamos. Não olhamos somente as faltas, mas também os acertos. Olhamos: os lugares onde estivemos, as conversas, as atitudes…

2. Um olhar para cima: propósito e ação de graças. Tendo feito o exame nos voltamos para Deus com desejos sinceros de não repetir os enganos e com o coração agradecido pelo bem que fizemos por causa de sua graça que agiu em nós. Pedimos perdão e louvamos o bom Deus! Nada pode haver entre nós e Deus quando nos deitarmos.

3. Um olhar de confiança: a súplica. Confiantemente nos entregamos nas mãos do Bom Deus, certos que Ele nos compreende e nos guardará. Pedimos por nossa vida, pela nossa família, por aqueles que amamos e por aqueles que ainda não amamos. Momento de nos lembrar de Nossa Senhora e de nosso anjo da guarda. Com confiança dormimos.

A oração da noite deve ser fruto de um dia vivido santamente, ou pelo menos, no esforço de. É resultado de um dia frutuoso, útil, tanto nas coisas de Deus como em nosso empenho secular. O cansaço natural é esperado e por isso o momento de oração a noite deve ser sereno, tranquilo, evitando prolongar a agitação do dia que passou.

A oração da noite em comunidade segue o mesmo ritmo, com orações e salmos partilhados… É o momento próprio para a reconciliação com o irmão que tivemos dificuldades durante o dia, tempo de rezarmos uns pelos outros, para que o nosso coração não esteja “pesado” com coisas “mal resolvidas”.

A oração da noite nos ajuda ter bons sentimentos e pensamentos ao dormir. Por certo que é uma auxilio para evitar pesadelos e sono agitado que pouco descansa.

A oração da noite tem um só fim: encontrar-nos com Deus e n’Ele repousar!

Autor: Ministério de Formação Paulo Apóstolo por Tácito Coutinho (Tatá)

Comunidade Javé Nissi