O que significa ser cheio do Espírito Santo?

O que significa ser cheio do Espírito Santo?

Introdução: Em quase todas as orações e pregações nos grupos de oração da renovação Carismática ouvimos essa expressão “CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO”, mas afinal, o que significa ser cheio do Espírito Santo?

Analisando a Sagrada Escritura, vamos perceber que antes de todas as ações extraordinárias realizadas pelos apóstolos, o autor sagrado faz questão de revelar algo de fundamental para um cristão seja em qualquer geração “precisamos ser cheios do Espírito Santo!”.

Tomando alguns textos na figura de Pedro, Estevam e Paulo, e poderíamos citar vários personagens, vamos ver que antes de tudo eles eram homens cheios do Espírito Santo. Em (Atos 4,8 – 7,55 – 13,9) encontramos: Então, Pedro, cheio do Espírito Santo… Cheio do Espírito Santo, Estevão…  Saulo então – também chamado Paulo –, cheio do Espírito Santo…

Cheio do Espírito Santo, Cheio do Espírito Santo, Cheio do Espírito Santo…  Os primeiros cristãos eram cheios do Espírito Santo. Dessa afirmação vem à indagação, o que significa ser cheio do Espírito Santo?

Para compreender essa expressão “Ser cheio do Espírito Santo” precisamos compreender três coisas:

1. Quem é o Espírito Santo;

2. O que significa ser cheio do Espírito Santo;

3. Como ser cheio do Espírito Santo;

 

1ª QUEM É O ESPÍRITO SANTO?

Para entendermos o que é ser cheio do Espírito Santo, precisamos entender quem é o Espírito Santo e como ele é importante para nossas vidas. É importante saber, principalmente, que o Espírito Santo é uma PESSOA.

O Espírito Santo não é apenas uma força, uma energia, mas o Espírito Santo é uma Pessoa.

O Espírito Santo é a terceira prosopon da Santíssima Trindade e surge no cenário bíblico no livro de Gênesis, no segundo versículo do primeiro capítulo. Prosopon é um termo grego que pode ser traduzido como pessoa, o que nos leva a entender que o Espírito Santo tem características que o distingue.

Sendo assim, ele tem personalidade e pode caracterizar-se por sua vontade (1 Coríntios 12.11), discernimento (Romanos 8.27) e sentimento (Efésios 4.30). Assim como, conforme a Palavra de Deus nos ensina, ele age (Atos 1,8), move-se (Atos 2.2), fala (Atos 8.29), entre outras coisas.

Portanto, o Espírito Santo é um ser dotado de personalidade e estará sempre disposto a se relacionar com quem deseje ter um relacionamento com Ele. O Espírito Santo também pode habitar dentro daquele que deseje (1 Coríntios 6.19).

Aqui encontramos o primeiro fundamento, para aqueles que desejam ser cheios do Espírito Santo. Precisamos ter experiências com Eles, precisamos desenvolver um relacionamento profundo com o Espírito Santo.

Essa é a lei natural da vida. Como uma paquera, que se torna namoro, que se torna, noivado, que se transforma em casamento.

Para construir bons relacionamentos, é preciso dedicar tempo e atenção. Quanto mais me dedico, mais o relacionamento se fortalece. Por outro lado, quando não dedicamos tempo e atenção, este relacionamento enfraquece, podendo trazer consequências. Assim é o relacionamento com o Espírito Santo.

Paulo, em Efésios 5.18, nos aconselha: “Deixem-se encher do Espírito”. É algo recíproco. Se dedicarmos tempo e atenção ao Espírito Santo, ele vai enchê-lo. Ele não irá forçar um relacionamento. O Espírito Santo não entrará em nossas vidas sem ser convidado. Mas estará disposto a retribuir tempo e atenção quando nos dedicarmos a ter um relacionamento com Ele.

 

2. Afinal, O QUE SIGNIFICA SER CHEIO DO ESPÍRITO SANTO?

Ser cheio do Espirito Santo significa não haver mais espaço para nossas vidas a não ser a sua doce presença. Logo, para ser cheio de algo que não estava em mim, primeiro eu preciso me esvaziar.

Podemos apagar a chama do Espírito Santo em nós (cf 1 Ts 5,19). Se não deixarmos sua ação nos moldar segundo a vontade de Deus, e qual é a vontade de Deus para nós?

A santidade. (1 Ts 4,7) Deus não nos chamou para a impureza, mas para a Santidade. O Espírito Santo se manifestando em nós, começa a realizar sua ação, nos santificando, nos moldando como Cristo.  Do que precisamos nos esvaziar?

ü  Pecados, vícios, traumas, medos, incredulidade, desvios de caráter, hipocrisia, desobediência, e perversidades, chamadas por Paulo de frutos da carne, ou atitudes do homem velho.

ü  A missão do Espírito Santo é formar cristo em nós. Santos como Ele é Santo.   O Espírito Santo vem para matar todo procedimento carnal (cf Rm 8,13).

Uma vez que deixamos o Espírito nos moldar, através de um relacionamento entramos no terceiro e ultimo ponto, para responder essa pergunta:

 

COMO SER CHEIO DO ESPÍRITO SANTO?

O Espírito Santo está disponível para todos. Paulo afirma que todos devemos nos deixar encher por Ele. “Deixem-se [todos] encher do Espírito” (Ef 5,18). Crianças, jovens, adultos, idosos, todos podemos ser cheios do Espírito Santo.

Tudo o que você precisa é desejar tê-lo em sua vida. Não é preciso fazer um curso teológico. Não é exigido nenhum tipo de ritual. Você só precisa investir neste relacionamento. Em qualquer lugar, quando você quiser, poderá investir neste relacionamento e ser cheio d’Ele.

O que você precisa fazer para ser cheio do Espírito Santo?

Basta pedir.

Simples assim é só pedir. Então Ele irá fluir em toda a sua vida. “Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está nos céus dará o Espírito Santo aos que lhe pedirem!” (Lucas 11.13).

Se desenvolvermos uma vida frutuosa de oração, clamando a presença do Espírito Santo, disposto a acolhe-lo, renunciando aquilo que nos afasta dEle, então seremos CHEIOS DO ESPÍRTO SANTO, Ele dará poder para que você suporte as piores situações. Então, comece a investir neste relacionamento.

VEM ESPÍRITO SANTO! Agora podemos compreender o grito, o clamor, que fazemos em oração na renovação carismática, só queremos perceber e nos mover, por esse doce amigo, o Espírito Santo, que já esta em nós. Aleluia!


Autor: Rodrigo dos Santos Jesus (Rodriguinho) – Ministério Marcos

Comunidade Javé Nissi